Photo | Porquê e como limpar a câmara

Culpada. Venho cá falar-vos disto porque tenho perfeita consciência de que não sou a única a desleixar-se com o seu equipamento. Desde que se infiltra em todas as ranhuras, provocando desgaste físico ou curto-circuitos; a partículas que entram sabe-se lá como e que ficam como OVNIs a boiar nas nossas fotos; ou a pêlos que tentamos limpar da objectiva com a camisola, acabando por fazer um belo de um arranhão na lente; ou mesmo uma bela de uma colónia de fungos que achou que os vidrinhos da objectiva eram a sua mansão de sonho: há de tudo. Se queremos melhorar as nossas imagens e garantir a máxima longevidade do material que utilizamos, temos que ter cuidado - sim, mesmo tu que nem usas tanto assim a máquina fotgráfica. Aliás, principalmente tu que nem a usas tanto assim!

Camera Cleaning kit - c/o Banggood
Recentemente, aproveitei uma parceria com a Banggood para - finalmente - encomendar um kit de limpeza para DSLR que traz um bufador, um pano de microfibra, um pincel, uma caneta de limpeza e um protector do apoio de flash. Nada de muito fancy, mas que sem dúvida precisava. Por isso, mostro-vos de seguida o que faço para limpar o meu material fotográfico. Se precisarem de um, podem encomendar com 10% de desconto a partir da App da Banggood.


1. Não deixar o pó acumular

Foste para a praia e levaste a câmara? Estiveste num sítio com muito pó? A tua câmara apanhou umas gotinhas de chuva? Então, antes de a guardar, dá-lhe um pouco de TLC: com um pincel retira o pó que tenha ficado "pousado" nela, e passa um pano de microfibra para retirar possíveis resíduos mais teimosos. Assim evita-se que o pó se acumule e eventualmente prejudique o funcionamento dos circuitos electrónicos do equipamento - e não esquecer o viewfinder!


2. Arejar o material

Uma das maiores causas de perda de nitidez e contraste das objectivas são os fungos. Tenho pena de não ter tirado fotos na altura, mas a minha 70-300 já teve uma infestação que quase dava para fazer um risotto de cogumelos. E garanto-vos que limpá-la profissionalmente não foi nada barato. Há uma forma fácil e eficaz de evitar que estas situações aconteçam: arejem as objectivas e exponham-nas à luz solar com alguma frequência - sem tampas, dêem-lhes luz. Mais à frente vemos como limpar o pó. Os fungos adoram espaços fechados e escuros, por isso se têm alguma objectiva que não costumam usar (como foi o meu caso), ela será a casa perfeita. Deixo-vos uma imagem parecida com o estado da minha lente quando a mandei limpar:

Imagem daqui

3. Limpar as objectivas

Pessoalmente, não me parece boa ideia fazer isto com muita frequência só porque sim - a probabilidade de estarmos sempre a sujar as objectivas é bem menor do que a probabilidade de as arranharmos se estivermos sempre a mexer nelas. Assim sendo, acho que o melhor é mesmo ver quando é necessário: se já se vêm partículas de pó que não saem com facilidade ou o exterior da objectiva parece ter passado por um campo de batalha, provavelmente está na altura.

Começo por limpar toda a objectiva com o bufador, e depois passo o pincel - cuidado com as lentes! Isto inclui também as tampas da objectiva. De seguida, passo, com cuidado, o pincel da caneta de limpeza na lente e nas suas extremidades, para limpar os recantos. Verifico se ficou algum resíduo "colado" e, caso esteja, retiro-o com a esponja que a própria caneta traz - a mais macia! De seguida passo o pano de microfibra e está pronta. Para sujidade mais teimosa ou para gordura, podem utilizar o líquido de limpeza de óculos antes de passar o pano, embora haja produtos mais adequados.



4. Sensor? Hmm...

Cuidado, muito cuidado. A minha recomendação é que não o façam. O sensor é o componente mais sensível e, ao mesmo tempo, mais importante da câmara. Um arranhão e adeus câmara. Por isso, eu não faço esta limpeza - no dia em que a minha câmara precisar, vai directa para um profissional, embora o Youtube esteja a abarrotar de tutoriais - o Peter Mckinnon tem um bastante conciso. Numa DSLR o sensor está protegido por um espelho (que podem e devem limpar apontando a câmara para baixo, sem objectiva, e soprando um bufador na sua direcção). O meu espelho tem um pequeno alien que não consigo perceber onde está para retirar, mas que não aparece nas fotos (porque o espelho não tem qualquer influência nas fotos), por isso por lá há de ficar, apesar de temer que esse alien decida ir viver para o sensor. Outro cuidado muito simples a ter é nunca virar a câmara para cima enquanto o interior está exposto - quando estão a mudar de objectiva, por exemplo.


5. Como guardar

Façam o que eu digo, não façam o que eu faço. A minha câmara fica guardada no seu saco, numa caixa fechada no meu hall de entrada. O ideal é guardar o vosso equipamento fotográfico limpo numa caixa fechada e transparente, num local sem grandes variações de temperatura mas com luz, sem humidade, e se quiserem podem até atirar uns saquinhos de sílica para dentro da caixa (para absorver a humidade). Aquelas caixas de arrumação do IKEA são uma boa solução para isto. Edit: Quanto ao kit de limpeza, guardem o pano de microfibra num plástico protector para impedir que agarre partículas que possam arranhar o material - obrigada pela dica, Sofia!


Confessem: quando foi a última vez que limparam a vossa máquina? Eu limpei-a este fim-de-semana. Antes disso...não a limpava decentemente provavelmente há coisa de um ano. Shame!

Os artigos marcados com c/o foram gentilmente cedidos pela marca. O conteúdo publicado é da minha autoria e a minha opinião honesta.


6 comentários :

  1. eu nem sabia que era preciso limpar asssim com tanto detalhe! omg!

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. Por acaso nunca tenho esse cuidado! Mas com o medo que apanhei de pagar uma nota preta para as limpar profissionalmente, vou ter muito cuidadinho agora!
    Não aguentei o "risotto de cogumelos" ahahah

    Beijinhos, Catarina | Blog // Instagram // Facebook // Bloglovin’

    ResponderEliminar
  3. Olá, Joana!

    Excelentes dicas sobre limpar o equipamento! Eu faço-o de forma semelhante, quando vejo que há necessidade. Também tenho um alien desses há anos e nunca inferferiu minimamente nas fotografias! :)

    A essas dicas acrescento só que o pano de microfibras convém ser guardado num plástico protector (eu mantenho o meu onde ele vinha), se ficar solto com o resto do equipamento facilmente ganha particulas que podem danificar uma objectiva.

    Um bejinho,

    Sofia Garrido • Photographer | Blog

    ResponderEliminar
  4. Nooooossa! A minha Nikon tem uns 9 anos e nunca foi limpa, estou em choque! o.o Vou já chatear o Artur para comprarmos um kit destes e fazer uma limpeza profunda às máquinas!

    "nunca virar a câmara para cima enquanto o interior está exposto - quando estão a mudar de objectiva, por exemplo." Ups!

    ResponderEliminar
  5. Ai credo... eu nunca limpei a minha Canon! Está na hora!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite
    facebook | instagram | bloglovin

    ResponderEliminar

Obrigada por estares por cá! Venha daí a tua opinião - o respeito é a única regra da casa! :)