Personal | Como chegar a Horas - ou - Crónicas de uma Atrasada

Não tenho qualquer orgulho naquilo que vou escrever de seguida: sou daquelas que chega sempre atrasada. Reconheço que não sou um caso crítico de "vais esperar por mim 20 minutos e eu vou chegar à tua beira como se nada fosse", mas os 10 minutinhos "do charme" são garantidos. E mais do que fazer com que as outras pessoas se passem comigo, esse atraso faz-me sentir-me uma pessoa horrível e, no entanto, é recorrente - mas se eu não gosto disto e sei que o faço, porque é que deixo que aconteça?!

A verdade é que não sei responder. Parece sempre que o tempo é suficiente para fazer tudo antes de me pôr a caminho e, do nada, escorre-me por entre os dedos e quando são horas de estar sei-lá-onde, estou eu a pegar na carteira e a sair de casa a correr (e potencialmente a deixar metade das coisas que devia trazer comigo para trás). Acrescentemos a isto um feitio que fica rabugento quando está stressado, e que fica stressado quando ando a correr, e temos um cocktail explosivo.

Assim sendo, vou meter mãos à obra: tenho - TE-NHO - que começar a ser mais pontual. Então qual é o meu plano?

1. Rodear-me de relógios

E já comecei: este relógio que coloquei na parede da cozinha está literalmente à frente do meu spot para o pequeno almoço. É impossível não ficar atenta às horas e deixar-me ir na ronha do sol matinal. Portanto, ou acordo cedo, ou não há manhãs calmas para ninguém - e a propósito, as dicas que escrevi neste post estariam a funcionar melhor se eu de facto me deitasse mais cedo. Ainda não pegou. Já me levanto mais cedo mas continuo a correr!

No quarto já está o despertador, agora falta um na sala, e o do escritório estaria lá se o gato não o tivesse partido. lol

Clock - c/o Rosegal
2. Preparar-me com antecedência

Apesar de gostar de fazer isto, é raro fazê-lo - e quando acontece, sinto uma diferença bru-tal no tempo que poupo. Seja escolher a roupa, arrumar sacos, preparar material que tenha que sair de casa comigo. Sempre que preparo tudo com antecedência, três coisas maravilhosas acontecem: primeiro, poupo tempo antes de sair de casa; segundo, garanto que não me esqueço de nada e que estou vestida como quero e não com a primeira coisa que me apareceu à frente; terceiro, não tenho uma saída frenética e que me deixa em bicos de pés o resto do dia.

3. Confirmar as horas do compromisso

Outra importante. Não sou uma pessoa muito desorganizada nem distraída, mas esta é onde falho mais: confirmar as horas a que tenho os compromissos. Quando marco, tenho tendência a achar que fica na memória. No entanto, não é incomum aperceber-me quase em cima da hora que afinal era mais cedo e pimba - lá anda a Joana a correr.

4. Não ser demasiado optimista

Se for preciso, cronometra o tempo que demoras a fazer as tarefas que tens que fazer antes de sair. Eu sei quanto demoro - e mesmo assim atraso-me lol - porque acho sempre que dá para encaixar mais qualquer coisa. Crio assim um efeito dominó que termina em desgraça. Também é importante considerar uma folga para acidentes, trânsito, imprevistos, etc..

5. Juntar os items obrigatórios num só sítio

Chaves de casa, chaves do carro, passe, carteira, guarda-chuva. Sejam quais forem os básicos para cada um de nós, importa que tenham uma "casa" para ser só pegar neles e sair - tod@s conhecemos os atrasos de 15 minutos por causa de uma chave perdida ou de uma carteira deixada no móvel da casa de banho. Desta não sou culpada, mas já levei muitas secas à conta disto...adivinham de quem?

6. Ter noção

Bom, esta vem em última, mas podia ser a primeira, e é quase senso comum. É preciso reconhecer que estamos atrasad@s. Chegar 5 minutos depois da hora marcada é chegar atrasad@. Sem mas, nem meio mas. É grave? Depende da circunstância - não vão querer chegar 5 minutos atrasad@s a um funeral, suponho? Portanto, reconhecer que isto é uma realidade e que ninguém é obrigado a esperar por nós só porque nós achamos que "são só mais 5 minutos" (que depois se tornam 15 ou 30 ou uma hora), é o primeiro passo para corrigir o problema, na verdade. Duro, mas tem que ser. Though love here.

Cá estamos. Estas são algumas dicas básicas que podem ajudar-me - a mim e a malta como eu, EU SEI que vocês estão aí, admitam :p 

'Tamo junto? 'Bora mudar isto? 'Bora!


9 comentários :

  1. Confesso que também faço parte do grupo das pessoas que chega sempre atrasada :P
    Eu juro que tento, é relógios, é preparar tudo com antecedência, é lembretes com aviso para sair, mas nada. É uma desgraça :D
    Acho que já não tenho remédio :D
    O meu namorado é super pontual por isso imagina quando temos que ir os dois a algum lado ihih é uma festa. Ou chega ele danado de ir atrasado ou chego eu só com uma meia e de camisola de pijama :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto está no nosso sangue, caramba xD

      Ahah olha, nisso não tenho problemas. Ele consegue ser bem pior do que eu xD

      Eliminar
  2. haha oh Jiji vou passar o link deste post a umas quantas pessoas que conheço a ver se acordam para a vida :P
    Para sentires-te menos mal, tenho uma amiga que chega sempre, minimo, duas horas atrasada. DUAS. Vá lá que já sabemos lidar e acabamos por dizer lhe duas horas mais cedo para estar no local ou simplemente fazemos a nossa vidinha que ela logo aparece no seu timing.
    Eu não gosto de chegar atrasada mas às vezes acontece, em Lisboa quase impossivel chegar a horas! Parece desculpa mas é muito dificil prever os horarios dos transportes e quando vou a pé fico parva que afinal precisava de ter saido de casa 10 ou 15 minutinhos antes.
    Força nessa luta miga, esta lista está fantastica e eu sei que vais conseguir hihihi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Loool please do, Marta xD caramba. Duas horas nem eu perdoava LOL só em ocasiões muito específicas, e mesmo assim... :p

      Sim, andando de transportes públicos a coisa toma outra dimensão mesmo!

      I can do it! xD

      Eliminar
  3. Boora! Acho que já fui mais assim mas vá, depende dos dias. Tratar de tudo com antecêndia tem tudo para resultar bem. Dicas top! :P E o malandro do gatinho não te quer facilitar a vida haha.
    www.thefancycats.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah não facilita mesmo! Bora lá, we can do it!

      Eliminar
  4. Olá Jiji, Do que compreendo do mundo dos atrasos, e olha que conheço bem... eu sou das que chega a horas (a maior parte das vezes)! O que acontece é que se os atrasos são recorrentes começa a ser parvo, ok é as 20h, portanto dizemos 19:30... Combinamos às 20 mas começamos às 21... Para mim sinto que é falta de respeito em relação a um dos bens mais preciosos - o tempo. E mais do que estar atrasado #quemnunca? é não definir novo compromisso. Assim que se percebe que se vai chegar atrasado é ligar a dizer: Estou atrasada. Vou estar às X horas. E se estiveres atrasada para a nova hora, liga de novo... O importante é manteres a outra pessoa informada das "informações" para ela poder decidir em conformidade o que quer fazer com esse tempo que não estava a contar ter...
    Eu chego a enviar mensagens horas antes da hora marcada, logo que sei. A diferença pode estar entre ficar no sítio à espera de plantão ou apanhar o metro seguinte e ir adiantando outras coisas. Reconhecer que se é otimista e procurar estratégias para melhor é TOP.

    Desculpa o testamento e tom moralista... mas só me lembro de ter estado uma hora, uma hora!!! à espera de uma amiga. Ou de pensar fogo... com este tempo podia... tanta coisa!!

    Beijinhos. Lu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ufa eu não chego a tanto - reconheço isto como um problema precisamente por ver o tempo como um dos nossos bens mais preciosos, mas não passo dos 10 ou 15 minutos - e ainda assim, aviso seeeempre, nem que seja por cinco minutos. Tenho amigos que são terríveis neste aspecto, mas esperar uma hora...bem, gabo-te a paciência!!!

      Eliminar
    2. Hoje em dia já não somos amigas mas... devia ter desconfiado nesse dia. Mas na altura pensei são só mais cinco deve estar mesmo a chegar... Enfim! Com a facilidade que temos em comunicar não avisar é só estranho! Beijinhos * *

      Eliminar

Obrigada por estares por cá! Venha daí a tua opinião - o respeito é a única regra da casa! :)